JK

INSTITUCIONAL

Apresentação

Conhecendo a Rede de Ensino JK


Educar é muito mais do que alfabetizar, é construir pontes para oportunidades.
Com o objetivo de preparar os alunos do antigo ensino supletivo para ingressar no ensino superior, nasceu a Rede de Ensino JK.

A história da instituição se funde com a de Brasília e de seus cidadãos. Após ser fundada em 1972, adquiriu sua maioridade jurídica em 1999, quando inaugurou a Faculdade Juscelino Kubitschek.

Com mais de 40 anos de tradição na área educacional, a nossa instituição começou no centro de Taguatinga e hoje tem campus em Samambaia, Plano Piloto, Valparaíso, Recanto das Emas, Guará e Gama.

A Rede de Ensino JK tem como missão transformar informação em conhecimento e formar cidadãos éticos e qualificados para a sociedade e mercado de trabalho, portanto, além de oferecer educação superior, também atende a educação infantil, fundamental e médio, além do centro de pós-graduação, especializando e capacitando cada vez mais os profissionais do DF.

No auge dos seus 47 anos de história, a Rede de Ensino Juscelino Kubitschek é marcada pelo seu corpo docente formado por mestres e doutores e por uma grande estrutura onde nossos alunos aliam a teoria à prática.

Como dito com frequência por seu fundador, “Educação é isso: transformar pessoas e multiplicar felicidades”.

Missão

“Transformar informação em conhecimento, formando cidadãos éticos, solidários, felizes, críticos e competitivos, valorizando talentos humanos e utilizando tecnologias avançadas no sistema educacional.”

Visão

Ser referência nacional no processo ensino aprendizagem, adotando um modelo de gestão educacional moderno e avançado, que atenda às exigências da Sociedade e do Mercado de forma eficaz e prazerosa.

Desta concepção resultam as principais funções da Faculdade:

Dar prioridade ao ensino, ligado à extensão; sobre a investigação e pesquisa, sob a ótica da educação universal e liberal.


Buscar a sinergia entre a intelectualidade, o empresariado e a profissionalização;

O modelo idealizado de gestão institucional procura adequar-se ao conceito de organização flexível e voltada para a qualidade. Para tanto, prevê mecanismos voltados para os processos de melhoria de qualidade em conjunto com mecanismos de avaliação desses processos. Esse programa implantará os conceitos e técnicas necessárias para ajudar docentes e colaboradores dos setores na eliminação de práticas de baixa qualidade, na redução de custos devido a erros e defeitos, na melhoria da eficiência e eficácia na utilização dos recursos, além de indicar pontos da estrutura que necessitam de maior atenção e maior investimento.

Esta postura pressupõe a definição pela IES, de um modelo de gestão que tem como base a:

Autonomia acadêmica e a especificação institucional na organização da gestão;
Superação da cultura burocrática institucional;
Ação cotidiana articulada com a missão institucional;
Atuação ativa, orientada para médio e longo prazo, em substituição à atuação reativa;
O estabelecimento de uma gestão descentralizada que leve em conta os interesses dos vários atores inseridos em seu espaço institucional.

CURTA NOSSO

FACEBOOK

SIGA-NOS  NO

TWITTER

99370-3860

VESTIBULAR